Mundo Mulher

Compreendendo e respeitando as diferenças

Compreendendo e respeitando as diferenças
 
Colégio Itatiaia fala sobre o assunto


 
Somos muitos, mas somos únicos. São as diferenças que possibilitam o nosso crescimento e aprendizado para a vida. No trabalho, escola ou até mesmo em casa, há uma diversidade entre as pessoas, mas se houver respeito, aceitação mútua e colaboração, se formará um ambiente gostoso, de harmonia e fraternidade.
 
 Respeitar as diferenças é o sentimento que leva a tratar alguém ou a si mesmo com grande atenção, consideração e reverência, seja ele especial ou não. É por acreditar nisso que o Colégio Itatiaia - tradicional escola paulistana que há 29 anos trabalha com crianças e adolescentes, formando verdadeiros cidadãos.
 
O Itatiaia sempre recebeu alunos que necessitam de cuidados especiais e, que algumas vezes, já foram discriminados por parte da sociedade por possuir algumas limitações. Crianças com Síndrome de Asperger, Transtorno Bipolar, Diabetes, entre outros, estão ou já passaram pelo Colégio.
 
“É importante destacar que não  há nenhum trabalho diferente do que ocorre com as outras crianças. Se nós não tratamos o aluno como um igual, porque os colegas farão de forma diferente? Se um aluno tem dificuldade de aprender Matemática, recomendamos aulas particulares, se tem problema em aprender Português ou bloqueio de falar, recomendamos um Fonoaudiólogo. O importante é entender que na vida, todos temos algum tipo de dificuldade”, diz Carlos Lavieri, membro da equipe do Colégio Itatiaia.
 
O convívio com os demais é feito de maneira natural, atuando no lado social dos alunos, que sempre com muito carinho e incentivo do grupo, fazem com que essa conquista seja muito mais fácil, pois uma criança  ajuda a outra.
 
Entre outras histórias de dedicação, uma delas merece destaque: certa vez, a pequena aluna Carolina Guimarães, que na época tinha menos de três anos de idade, teve que fazer uma cirurgia de Catarata. Depois da mesma, precisou de cuidados especiais como colocar colírio de hora em hora e usar tampão.
 
Como convencer uma criança tão pequena da importância da recuperação? Como explicar para a turma? Com carinho e criatividade, os professores do Itatiaia fizeram até com que as outras crianças usassem tampão junto com a menina. Essa atitude fez com que a pequena passasse a gostar da idéia de usá-lo.
 
Cristina Guimarães, mãe da aluna, fala da importância do apoio do Itatiaia na recuperação de sua filha: “Diante de tanto carinho, atenção, disciplina, criatividade, cooperação de todos os envolvidos durante o tratamento longo e cansativo, nós pais temos certeza de que só obtivemos sucesso nesta caminhada porque tivemos conosco grandes e fortes aliados como os professores, orientadoras e a direção do Colégio Itatiaia. Sem esta equipe, com certeza, hoje o resultado não seria o mesmo”, afirma Cristina.
 
O colégio Itatiaia acredita que respeitar o outro, em qualquer aspecto, é antes de qualquer coisa uma grande virtude que deve ser passada adiante. As pessoas são ímpares, agem e pensam de forma diferente. Não é necessário julgá-las, apenas compreendê-las. 
  
Mais informações:
www.colegioitatiaia.com.br
 Lucky Assessoria com Renata Santiago
 lucky@luckyassessoria.com.br

Mundo Mulher
Mundo Mulher
Mundo Mulher
Mundo Mulher
Mundo Mulher
Mundo Mulher