Mundo Mulher

Goiânia - Guia com as melhores opções de casas noturnas e boates

10/07/2009     É até difícil explicar. A noite cai, o som aumenta e sob globos espelhados a impressão é que todos os problemas cotidianos ficaram do lado de fora. Nas pistas de dança de Goiânia, a ordem é se divertir até o dia amanhecer.

Adeptos de ritmos como rock, house, funk, sertanejo e até o bom e velho bolero podem escolher entre diversas opções de boates e casas noturnas que têm nas noites de sexta-feira e sábado seu ápice de agitação. Tem para todos os gostos.

Para dar uma mãozinha na hora de escolher o destino, O POPULAR preparou um guia dividido pelos gêneros musicais predominantes em cada ambiente. Isso não significa que o ecletismo de estilos não tenha seu espaço.

Durante a semana algumas casas até apostam em noites temáticas, mas a ordem ainda é misturar todos os públicos e sons para ver no que vai dar. A dica é dançar muito e curtir as diferenças. Conheça abaixo o perfil dos principais clubes noturnos de Goiânia.

Para dançar forró
Onde: Chopp 10
O que é: Quem passa na porta acha que é apenas mais um restaurante. Mas é preciso conhecer a parte dos fundos para saber a real vocação do Chopp 10: som dançante. Diariamente o bar oferece aos clientes a oportunidade de dançar ao ritmo de gêneros como samba e forró.
Cardápio musical: Hoje, a partir das 22 horas, os cantores Walter Carvalho e Luiz Augusto e Banda cantam sucessos tradicionais do forró nordestino. A proposta é misturar ritmos para vencer a timidez dos frequentadores e ver a pista de dança lotada. No domingo, a partir das 19h30, é a vez de o Forró Agarradinho fazer um dos happy hours mais comentados da cidade. Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, João do Vale e Dominguinhos são revisitados pela banda, que resgata as tradições da música nordestina.
Quanto custa: R$ 10.
Av. T-1, nº 2.215, Setor Bueno. Telefone: 3941-7266

Para dançar sertanejo
Onde: Cosy Casual Bar
O que é: Originalmente o espaço é um bar, mas quando a noite cai e jovens duplas sertanejas ocupam o palco, os frequentadores partem para a pista para dançar. Nessa hora o Cosy vira boate. A capacidade do lugar, que é dividido em dois ambientes, é para 650 pessoas. Além da cerveja gelada, o bar tem uma cozinha especializada em comida típica. Entre os pratos mais pedidos, gourjon de frango (R$ 17,90).
Cardápio musical: Hoje é o dia da noite mais tradicional do Cosy, a Sextaneja. Como o nome denuncia, o sertanejo universitário dará o tom da balada que começa às 21 horas e costuma reunir a moçadinha jovem fã do estilo musical. As duplas Cristiano e Gabriel e Gabriel e Rafael foram escaladas para animar a pista. A ordem é pegar seu par e cair na dança. Outra boa opção para os amantes do gênero é o D´Bou, que está em novo endereço, na Av. Portugal, Setor Oeste, onde funcionava a WhisRed Lounge. A dupla Leandro Ragel e Adriano é a atração de hoje. Já na Santa Fé Hall (Av. T-1, nº 148, Setor Bueno) quem comanda a festa são as duplas Colemar e Guilherme e Kelitton e Anderson.
Quanto custa: R$ 10 até as 22 horas
Rua 25-B, nº 39, Setor Oeste. Telefone: 3215-1132.

Para dançar hip hop
Onde: House Garden
O que é: A programação é temática e o ambiente clean compõem cada noite da casa, que é dividida em quatro ambientes: salão principal com cabine de DJ e pista de dança, restaurante e mezanino, com banheiros, bares e lounges independentes, além da varanda. A capacidade é para 700 pessoas.
Cardápio musical: O hip hop, estilo adotado, sobretudo, pelos jovens negros e pobres de cidades grandes, invade o House Garden amanhã, a partir das 22 horas, na noite batizada de Favela Chic. Os DJs Puff e King, ambos de São Paulo, comandam as pick-ups que serão esquentadas antes pelo DJ Múcio Guimarães com muito samba, soul, e, claro, hip hop. Já hoje, também às 22 horas, o destaque da programação é o funk e o house com os DJs Tubarão e Mex.
Quanto custa: R$ 20 (homem) e grátis para mulher até as 23h30 ou 150 primeiros com nome na lista (sabado@housegarden.net).
Rua 139, n°121, Setor Marista. Telefone: 3945-7677

Para dançar funk
Onde: Café Cancún
O que é: Casa de inspiração caribenha, o Café Cancún faz parte de uma rede de restaurantes onde você pode almoçar ou jantar e ainda dançar. As pistas – uma no piso inferior, outra entre os camarotes do nível intermediário e outra no mezanino – abrigam o chacoalhar da galera.
Cardápio musical: Hoje, a partir das 21 horas, o funk carioca dá o tom da noite no Café Cancún. Os responsáveis por colocar todo mundo para dançar são os DJs Boka e Luciana. A programação musical do local é variada: vai do sertanejo e forró aos clássicos pops dos anos 70 e 80, passando por shows com bandas ou músicos locais. A noite de hoje foi batizada de Café Carioca e a intenção dos organizadores é reproduzir o clima dos bailes funks do Rio de Janeiro. Popuzadas e tigrões se encontrarão hoje na pista de dança.
Quanto custa: R$ 15 (homem) e R$ 10 (mulher), com cortesia até as 23 horas.
Av. T-4, nº 466, Setor Bueno, Shopping Buena Vista. Telefone: 3275-8088

Para dançar coladinho
Onde: Cruzeiro Shows e Eventos
O que é: Casa de dança com mais de dez anos de tradição na noite, o espaço tem o orgulho de ter uma das maiores pistas de dança da capital. São mais de 100 metros quadrados. Além do palco e da pista, 120 mesas dispostas no local permitem descansar um pouco e degustar cerveja gelada e tira-gostos.
Cardápio musical: A dança de salão é a grande estrela da casa, que mistura gêneros como forró, bolero, soltinho, mambo e samba. Hoje quem comanda o baile é Renan e Renata, com a participação de Marcelo nos teclados. Pessoas de todas as idades frequentam o local, que também é palco de aulas de dança. Na segunda e na quarta-feira, sempre a partir das 19 horas, casais aprendem os passos para fazer bonito na noite. A casa abre às sextas e sábados, a partir das 22 horas, e aos domingos, às 20 horas.
Quanto custa: R$ 10.
Praça do Cruzeiro, esq. c/ Rua 86, Setor Sul. Telefone: 3541-6318

Para dançar rock
Onde: Bolshoi Pub
O que é: O Bolshoi é todo decorado nos moldes dos pubs ingleses. O destaque são as bebidas: são mais de 20 tipos de cervejas e uísques, chope na caneca, vinhos e petiscos. A noite começa com um bom papo no balcão do pub e termina na pista de dança. O local é muito frequentado por maiores de 25 anos.
Cardápio musical: A Hollywood Band promete não deixar ninguém parado em show hoje, a partir das 22 horas, que relembrará os grandes hits do A-HA e do Duran Duran, grupos que monopolizaram as paradas de sucessos de todas as rádios pelo mundo. Para satisfazer os fãs da onda retrô dos 80, do hip hop, breaks, funk, rock e eletrônica, os DJS Rodrigo Carrilho e Lincoln Turini mandam ver nas pick-ups com um flashback .
Quanto custa: R$ 30, bônus de desconto para quem levar 1 quilo de alimento não perecível, exceto sal e fubá.
Av. T-2 esq/ c T-53, Setor Bueno. Telefone: 3285-6185.

Para dançar house
Onde: Club Fiction
O que é: Um dos points mais descolados da cidade que traz a marca registrada do DJ e empresário Cristiano Caramaschi, velho conhecido da noite goiana desde os tempos da CasaNostra e da Pulse Club & Lounge. A Fiction figura entre os principais clubs de música eletrônica do Brasil. Além da pista principal, existe a recém-inaugurada (e bem disputada) pistinha do mezanino.
Cardápio musical: Sabe aquela batida meio melancólica e emocional, mas que vai crescendo, ganhando energia até explodir na pista? É assim o progressive house que o DJ Carlo Dall’Anese apresenta hoje, a partir das 22h30, no Club Fiction. O DJ, único residente há sete anos no Club Sirena de Maresias (SP), é o especialista do gênero que virou febre quando surgiu no começo dos anos 90 na Inglaterra. Naquela época, os produtores estavam cansados da house e das músicas tocadas nas raves. O resultado foi um estilo que se mistura bem com os outros. Versatilidade é a característica da Fiction, que a cada noite toca um gênero diferente.
Quanto custa: R$ 20 (homem) e R$ 14 (mulher), com nome na lista (lista@clubfiction.com.br) até meia-noite.
Rua 87, nº 536, Setor Sul. Telefone: 3541-0429

Para dançar música eletrônica
Onde: Abelvolks Party
O que é: Festa itinerante que tem como marca registrada o som automotivo, a Abelvoks promete fazer sua melhor e maior edição amanhã no Atlanta Music Hall.
Cardápio musical: 50 carros da Abelvolks, equipados com a mais alta tecnologia, prometem incendiar a noite de sábado em Goiânia. A cabine dos DJ será montada em meio aos carros que vão transmitir a sonorização para a festa. Uma estrutura com três andares de carros será montada para compor o cenário que receberá, a partir das 22 horas, os DJs Analy Rosa, Dahran e Paulo Pringles. Este último, um dos maiores nomes da cena eletrônica no Brasil, tem um repertório rico em house, tribal e eletro. Sucessos pop que tocam nas FMs de artistas como Britney Spears e Madonna ganham nova textura nas mãos dos DJs. A promessa é de animação até a manhã de domingo.
Quanto custa: De R$ 20 a R$ 80.
Br-153, KM 10, Saída para São Paulo. Telefone: 3261-9966

Goiasnet.com/O Popular - Renato Queiroz

Mundo Mulher
Mundo Mulher
Eletrônicos - Submarino.com.br
Mundo Mulher
Mundo Mulher
Mundo Mulher
Mundo Mulher