Mundo Mulher

Corrimento Vaginal

O que é vagina? Vagina é um órgão feminino que comunica o útero com o meio externo. Suas funções são: acomodar e propiciar estimulação ao pênis para que o homem ejacule, propiciar estímulo à mulher para que ela também atinja o orgasmo durante o ato sexual, e, a função mais nobre de todas, é a de ser a via de comunicação do feto para seu nascimento.

Do que a vagina é formada?
A vagina é um órgão revestido por uma mucosa rica em glândulas que produzem secreção. A secreção serve para umedecer e lubrificar a vagina e também como proteção contra certos microorganismos capazes de trazer desconforto à mulher.

O que é flora vaginal? A flora é constituída por bactérias, principalmente os lactobacilos, que habitam a vagina sem danificá-la. Eles ajudam a proteger a vagina porque produzem o peróxido de hidrogênio, substância tóxica para a maioria dos parasitas vaginais; e também o ácido lático, que ajuda a manter o pH vaginal em 4,5 (ácido) e a combater microorganismos que não se adaptam ao meio ácido.

O que é corrimento vaginal? Corrimento vaginal é a principal queixa feminina em consultórios do mundo inteiro. Nestes casos a quantidade de secreção vaginal está aumentada e existem outros sintomas que desaparecem com o tratamento adequado.

Quais são os microorganismos que podem causar o corrimento e quais são os sintomas de cada um? Existem diversos tipos de parasitas vaginais que podem atacar a vagina. Portanto, deve-se sempre procurar uma especialista, o seu ginecologista ou seu clínico, antes de qualquer atitude.
Existem alguns microorganismos que são mais habitualmente encontrados como os causadores do corrimento:

Vaginoses Bacterianas: são corrimentos causados pela substituição da flora normal pela Gardenerella varginalis ou o Mycoplasma hominis provocando um corrimento acinzentado, que possui odor semelhante a peixe, principalmente após o coito.

Tricomoníase: A Tricomoníase é uma doença causada por um protozoário flagelado denominado Trichomonas vaginalis que provoca uma grande quantidade de secreção, com odor e características semelhantes ao pus, podendo ter até mesmo coloração esverdeada.

Candidíase: Causado pelo fungo Candida albicans apresentando corrimento esbranquiçado, líquido ou espesso e sua grande característica é o prurido vulvovaginal (coceira)

Vaginite inflamatória: Neste tipo de corrimento ocorre a troca da flora por outros tipos de bactérias, principalmente aquelas provenientes do intestino (enterococos ). Este tipo de corrimento é parecido com a tricomoníase porque o corrimento é semelhante ao pus.

Além desses sintomas particulares a cada causa, os corrimentos vaginais estão associados a outros sinais e sintomas como dor à penetração e ao ato sexual (dispareunia) e também à sensação de inflamação local (queimação).


Como Evitar o Corrimento Vaginal? A principal forma de prevenção do corrimento vaginal é a higiente local. Para tanto existem algumas dicas para uma melhor higiene:

- Após defecar, usar de preferência ducha higiênica ou bidê. Se não for possível, usar o papel higiênico limpando a região perianal em direção oposta à vagina.
- Evitar ficar muito tempo em piscinas ou locais úmidos ou usar roupas íntimas umedecidas porque aumenta o risco de Candidíase.
- Após relação sexual lavar a região com a ducha higiênica ou no bidê. Se puder tomar banho, é preferível.
- Não colocar sabonete dentro da vagina, de preferência somente água.
- Pomadas espermicidas ou camisinhas com espermicidas aumentam o pH vaginal, aumentando o risco de infecção.
- Antes de colocar diafragma certifique-se de que esteja limpo para o uso.
- Como a Tricomoníase é uma doença sexualmente transmissível, use sempre camisinha porque além de evitar a Tricomoníase, previne também a transmissão de AIDS, Hepatite B, Papilomavírus e diversas outras patologias que podem prejudicá-la mais do que um simples corrimento.

Como Tratar o Corrimento Vaginal? Para o tratamento dos corrimentos vaginais e maiores informações, procure seu ginecologista ou seu clínico, que estarão aptos a lhe indicar o tratamento mais adequado.

Fonte: Marjan Farma

Mundo Mulher
Mundo Mulher
Mundo Mulher
Mundo Mulher
Mundo Mulher
Mundo Mulher